Entenda como funciona o sistema de pontuação no ranking de tênis

Que o mundo de competições do tênis é dividido entre ATP (Association of Tennis Professionals, no masculino) e WTA (Women’s Tennis Association, no feminino), todo fã do esporte sabe. Quando o papo evolui para o sistema de pontos do tênis e seus torneios grandes ou pequenos a conversa fica um pouco mais complicada. No fundo, a logística é simples, pois ambas as organizações usam um sistema de pontos similar. Esse artigo tem o objetivo de esclarecer todas questões mais confusas da pontuação no tênis mundial.

Leia mais: Por que Rafael Nadal é o rei do saibro?

ATP

Um tenista poderá disputar pontos no circuito mundial de duas maneiras: participando de competições na ATP ou, se tiver um ranking baixo, jogar torneios da ITF (Internacional Tennis Federation) como porta de entrada da ATP World Tour. Os torneios seguem a mesma lógica: vão dos mais importantes (aqui se enquadram os Slams da Austrália, França, Inglaterra e Estados Unidos), que são jogados pelos melhores do ranking, até os Futures, campeonatos menores que cedem menos pontos. O circuito dura 52 semanas, sendo que 18 resultados do jogador no ano são somados para definir a classificação. Na tabela abaixo você confere os pontos de alguns dos campeonatos da ATP:

Categoria do torneio Campeão Finalista SFs QFs R16
Grand Slam 2000 1200 720 360 180
Masters 1000 1000 600 360 180 90
ATP 500 500 300 180 90 45
ATP 250 250 150 90 45 20
Future $10,000 18 10 6 2 1

A expressão “defender os pontos” se dá pelo desempenho do tenista no mesmo torneio do ano anterior. Caso o atleta tenha um resultado pior que o da temporada passada, ele perde pontos. Se avançar de fase, ganha pontuação. E se tiver a mesma campanha, mantém os que conquistou.

Os 30 primeiros tenistas do ranking devem seguir algumas regras na hora de somar seus pontos. A presença é obrigatória, por exemplo, nos quatro Slams do ano, além de oito dos nove Masters 1000. Somam-se ainda os seis melhores resultados de todos os outros torneios, sendo que é necessária a participação em ao menos quatro ATP 250 (que, conforme o nome descreve, cede 250 pontos a seu vencedor).

WTA

A lógica seguida pela organização de tênis feminina é a mesma, mudando alguns detalhes, como pontuação para as fases dos torneios e sua nomenclatura. Se na ATP os nomes das competições seguem uma lógica (incluir o número de pontos do campeão no título), na WTA eles se chamam Premier. Ao invés de Masters 1000, existe o WTA Premier Mandatory (com quatro torneios ao ano). No lugar de ATP 500 e ATP 250, os campeonatos são chamados de WTA Premier Five e WTA Premier. Já o Future é substituído pelo ITF. Confira na tabela:

Categoria do torneio Campeã Finalista SFs QFs R16
Grand Slam 2000 1300 780 430 240
WTA Premier Mandatory 1000 650 390 215 120
WTA Premier Five 900 585 350 190 105
WTA Premier 470 305 185 100 55
ITF $10,000 12 7 4 2 1

A WTA considera os 16 melhores resultados de cada tenista para sua pontuação nas 52 semanas. Destes 16, quatro são obrigatoriamente dos Slams e outros quatro do WTA Premier Mandatory. Para as top 20, dois dos 16 resultados incluem o Premier Five. Os outros pontos são dos melhores desempenhos nos demais torneios.

Finals

Além dos torneios citados, para ambos ATP e WTA existem os campeonatos de final de temporada, chamados de ATP World Tour Finals e WTA Tour Championship. Nessas competições, os oito melhores pontuadores do ano nas duas ligas se reúnem e competem entre si. Esse torneio conta como uma pontuação bônus para os atletas.

No ATP World Tour Finals, os tenistas competem a fase de grupo (são três jogos, onde o vencedor ganha 200 pontos por vitória). Se passam para a semi, computam mais 400 pontos, e, se forem campeões, adicionam 500 pontos a seu ranking. Já no WTA Tour Championship, são 70 pontos por vitória na fase de grupos, mais 160 por avançar de fase. Em seguida, uma vitória na semifinal cede 360 pontos e, caso a tenista seja campeã, ela adiciona 810 em sua pontuação. Em ambos os campeonatos o máximo de pontos que um tenista pode conquistar são 1500.

Deixe seu comentário: