Crônica: mais uma rodada de quarta-feira

Um casal se prepara para o ritual de toda quarta-feira à noite: o futebol na TV. Nesses dias, a janta é mais cedo para não atrapalhar o jogo. Dali pra frente, só petisco para não ter que tirar os olhos da televisão. Salgadinhos e um queijo para beliscar. Cerveja gelando na caixa térmica que fica ao lado do sofá. Tudo ao alcance das mãos para não correr o risco de levantar.  Enquanto ele prepara o molho na bancada da cozinha, ela liga a TV às 21h35 para acompanhar os gols dos jogos que começaram mais cedo.

Leia mais: O futebol moderno não tem mais posição definida

— Dá pra ver daí?!

— Dá sim. Quem jogou às sete e meia?

— Chape jogou pela Sul-Americana e perdeu de 1 a 0.

— Perdeu para quem? — fala ele concentrado picando os temperos.

— Pro Defenso… Defens… Aquele time que eliminou o São Paulo.

— Ahhh, o Law and Order, lá…

Hahahah. Esse mesmo. O nome é Defesa e Justiça, só que em espanhol. Aliás, de onde é esse time?

— Uruguai? — ele para de picar a cebola enquanto tenta lembrar o país da equipe.

— Da Argentina.

— Isso. E pela Libertadores, já jogaram?

— Sim, teve Grêmio e Atlético Paranaense: 4 a 0 pro Grêmio.

— Mas o Atlético não ia pegar o Santos nas oitavas da Libertadores?

— E agora…?! Sei que o Atlético ia pegar um time brasileiro, mas não lembro qual.

— O Paranaense.

— Sim, é do Furacão que tamos falando. Mas esse de hoje deve ter sido pela Copa do Brasil.

— Faz sentido. O Grêmio se classificou em primeiro no grupo e esse jogo foi na Arena do Grêmio. Se fosse pela Libertadores, seria na Arena da Baixada — diz ele chegando ao sofá com o molho.

— Isso… hummm, esse tá mais gostoso que da outra vez. Muito bom.

— Então acho que eu mereço ver o Corinthians, né?!

Hahahahah… Sério que você quer ver o mistão do Corinthians jogando contra o Patriotas?! Olha o nome desse time, Patriotas. O Tom Brady joga lá, também?!

— Acho justo. Mas qual você quer ver?

— Tem Flamengo e Santos, Palmeiras e Cruzeiro… jogos bem melhores que os reservas do seu timinho.

— Ahhh tá bom. Só porque seu time não joga hoje. O meu líder do Brasileirão e invicto há 23 jogos.

— Grande coisa, com o nosso calendário isso deve dar uns 40 dias.

Hahahahaha… Boa, mas ainda vamos ver o Corinthians.

— Ah não, sem essa. Deixa no Flamengo e Santos aí. Se tiver muito chato, a gente troca.

— Mas não tem mais nada de opção? São só esses três jogos?

— Pelo que eu zapeei antes aqui, acho que sim.

— Tá, tá. Mas se o jogo lá tiver bom, a gente vai assistir ao Corinthians.

— OK.

Os jogos começam e, logo aos 6 minutos do primeiro tempo, o narrador anuncia gol do Cruzeiro.

— Boa, gol do Cruzeiro, coloca lá, amor. Quero dar uma secada no Palmeiras.

— Mas o Vanderlei tá pegando tudo aqui, daqui a pouco sai gol do Flamengo.

Aos 20 minutos, sai o segundo da Raposa.

— Mais um, bóra Cruzeiro. Agora vais trocar, né?!

— Caramba, Palmeiras tomando 2 a 0 em casa na Copa do Brasil. Troco sim.

— Agora vamos deixar aí que eu quero secar.

(…)

— Olha a bolinha… gol do Flamengo. Tava na cara que ia sair, vou botar lá, tá?!

— Ah, deixa eu ver o Corinthians um pouco.

— Dois jogaços e você quer ver o Corinthians mesmo? Então tá bom — ela pega mais um salgadinho enquanto passa o controle para o companheiro — só porque esse molho tá muito gostoso.

— Eita, gol do Patriotas.

— Foi touchdown?! Hahahah

— Engraçadinha, nem sei do que você tá falando aí. Só você gosta daquilo.

Aham, tá. Falou quem tava gritando com a TV de madrugada depois do Super Bowl… Olha a bolinha aí, que não seja do Palmeiras.

— GOOOOL DO CRUZEIRO.

— Meu, até eu tô de cara. Tá 3 a 0 em no Allianz Parque. Que loucura.

— JÁ ERA O PALMEIRAS, ELIMINADO!

— Calma, é time do Cuca, lembra dele no Galo?

— Ah, mas aquilo era por causa do Horto, não tem a ver com o Cuca.

Os jogos vão assim para o intervalo, o casal prepara para esticar as pernas, ir ao banheiro, repor o estoque de cerveja e de salgadinhos.

— Agora nem preciso mais ficar secando o Palmeiras, né?! Olha o silêncio. Pode colocar no jogo do Corinthians.

— Não, né?! Flamengo e Santos tava muito melhor.

— Beleza, já com a noite ganha mesmo, vou até fazer mais um molhinho.

— Amoooor… gol do Palmeiras: 3 a 1.

— Tá tranquilo, time do Mano não toma três gols – ele volta ao sofá.

(…)

— Caramba, como esse Vanderlei tá defendendo bem. Acho que o Tite deveria dar uma olhada para ele, né?!

–Verdade, merece mesmo. Mas o Cássio tá melhorando.

Hahahah. Não empolga, caaaalma. Ih, mais um gol do Palmeiras.

— Não é possível, dois gols em 15 minutos?!

— Pois é, vou até colocar lá para ver a pressão do Palmeiras.

Ahhhh, agora você quer ver. E pra minha pressão você nem liga.

Hahahaha. Exagerado.

As coisas ficam em silêncio durante um tempo, até que…

– P*** QUE PARIU, não é possível que os caras empataram esse jogo.

— Caramba, que loucura. Mas eu te entendo, se eu fosse meu time, eu também ficaria assim.

— Na verdade você fica pior, ou não lembra daquela vez do… — ela corta a fala dele.

— Nem me lembra daquele dia, ui. Vou botar no Corinthians um pouco então, porque se sair a virada não quero nem ver.

Ele fica tenso esperando que apareça uma bolinha na tela. Ela, mais tranqüila, passa o dedo no pote do molho tentando catar o restinho. Assim continua até aparecer a bolinha.

— Eita e agora, em qual jogo será?!

— Calma, deve ser no jogo do Flamengo.

— Gol do Sport??? Nem sabia que o Sport tava jogando.

— Eu também não, amor. Deve ser Sul Americana.

— Pois é, que doideira, um time estrangeiro chamado Salgueiro.

— Salgueiro tem um em Pernambuco, mas não sabia que tinha fora. Deixa eu ver aqui… Olha só, é o Salgueiro de Pernambuco mesmo, pelo campeonato estadual.

— Ahn?! Como assim???

— É, tá dizendo aqui, ó. Final do Campeonato Pernambucano.

— Eeeeeee, futebol brasileiro. Que loucura, cara.

Minutos mais tarde, sai o segundo gol do Flamengo.

— Viu?! Tô falando que o Cássio vai voltar pra seleção antes do Vanderlei.

Hahahahah, claro, o Cássio pegaria esse chute do Cuellar. Tá bom.

Hahah. Tô brincando, amor, só assim para fazer gol nele.

— Será que acaba tudo assim, mesmo?! Pelo jeito teu time vai perder a invencibilidade.

— Ah, mas com o time B, tá tranquilo. Tô bravo mesmo com o Pal… GOOOOOOOOOOOOOL. BALBUENA, NUNCA CRITIQUEI!

Hahahahah. Pelo menos alguém não vai dormir com raivinha hoje.

Ha Ha Ha… Engraçadona. Semana que vem não tem molho.

— Nem tava tão bom assim. Aliás, semana que vem o controle é meu e não vai ter zapeada de canal. Nem dá para ver o jogo direito.

A verdade é que eles sempre prometem isso um ao outro, mas a promessa não dura mais de uma semana. Na próxima rodada de quarta-feira ele vai estar zapeando a TV e ela atracada no molhinho. Pelo menos quando não for o time dela em campo.

Foto destaque: Var.ge (Creative Commons)

Deixe seu comentário: