Power Ranking Superliga – Rodada 3: Espectros continua progredindo e Mariners retorna

Mais uma rodada da Superliga Nacional finalizada, mais um power ranking do Time de Fora! Nessa terceira edição temos a ascensão do João Pessoa Espectros, a volta do Recife Mariners ao top 10, o Timbó Rex querendo incomodar os cariocas e a queda do America Bulls. Fica ligado!

Veja também:

Power Ranking Superliga – Rodada 2: Cariocas mantém o topo e América Bulls desponta

Power Ranking Superliga – Rodada 1: Vasco lidera e Caçadores surpreende


patriotasLoooonga folga para o nosso líder, que jogou no mês passado ainda contra o Botafogo Reptiles e só volta a campo no dia 27, contra o Vila Velha Tritões. A expectativa para o Vasco não pode ser outra se não a vitória, mas os Tritões mostraram ter sua força e lideram o Grupo A da Conferência Leste. Se ter um tempo livre é bom para treinar, deixar o físico em dia, é o Vasco da Gama Patriotas cuidar para não perder o ritmo e, quem sabe, a ponta do power ranking.


FlamengoOutro time que só joga dia 27, outro time que deve vencer. O Flamengo deve manter a liderança do Grupo B da Conferência Leste, buscando também a ponta do power ranking encarando o Rio Branco Cabritos. O time do acre ainda não pontuou na Superliga, já levou 88 pontos nos dois jogos que disputou e dificilmente deve fazer frente aos cariocas. É a chance do Flamengo despontar e impressionar.


RexO Rex não para de impressionar e está cada vez mais fazendo pressão nos times cariocas para assumir o topo do power ranking. Dessa vez foi a surra que deram em cima do Foz do Iguaçu Black Sharks por 81 a 7. Além de ter o melhor ataque da Superliga, com 141 pontos, o Rex é um dos três times que passou da marca de 100+ pontos nessas primeiras rodadas. Flamengo e Espectros fecham o grupo, sendo que o time carioca tem uma partida a menos. E o time catarinense tem mais um reforço: depois da contratação de Drew Hills, que já havia passado pela equipe, o Rex contratou o safety Keith Smith II, companheiro de Hills na Alemanha.


ArsenalMais uma vitória para o Arsenal, mais uma vez de forma tranquila na Conferência Oeste. O confronto contra o Campo Grande Predadores, por um placar de 30×14, foi um show pessoal dos estadunidenses da equipe. Com um touchdown de ataque, um de defesa e duas interceptações, o safety/wide reciever Kenneth Joshen ganhou o maior destaque. Brandon Watkins, o “The Rocket”, não ficou para trás com dois TDs terrestres. A defesa mato-grossense, com quatro interceptações, é o que coloca a equipe definitivamente entre os melhores do campeonato, apesar de seguir na mesma posição. No próximo jogo, talvez o grande desafio da equipe: os também invictos Lusa Lions.


crocoMesmo com alguma pressão, o Coritiba Crocodiles seguiu sua campanha vitóriosa na Conferência Sul batendo os últimos colocados do grupo, Brown Spiders. Os dois TDs do running back da seleção brasileira, Bruno Santucci, carregaram a equipe num confronto mais difícil que o esperado: Apesar do placar de 42 a 14 para o Croco, os dois touchdowns anotados pelos Brown Spiders aconteceram no primeiro quarto. Mesmo assim, o Coritiba Crocodiles se manteve ligado na partida, arrumou a defesa e manteve sua posição no power ranking. Quem sabe no próximo duelo, contra o Juventude, a equipe consiga mostra um melhor rendimento e subir algumas posições, já que o Arsenal tem um jogo difícil pela frente.


EspectrosO Espectros continua sua recuperação na Superliga depois da derrota na primeira rodada. Vitória gigante por 45 x 6 sobre o Recife Pirates, em um jogo onde a defesa dominou o ataque adversário e o ataque do Espectros sobrou, mesmo com a lesão do seu quarterback titular Rodrigo Dantas. O wide receiver Vitor Ramalho assumiu a posição e não decepcionou, conseguindo um TD recebido e 2 TDs de passe. O time fechou a contratação do OL estadunidense Adolphus Barnes, de 24 anos, que jogou na divisão I da NCAA (maior divisão do futebol americano universitário dos EUA). Ficaremos de olho no ataque do Espectros na próxima rodada, quando enfrentam o America Bulls, que tem uma defesa muito mais agressiva.


MarinersO Mariners volta ao nosso power ranking (de onde nunca deveria ter saído, devo confessar) depois de uma rodada fora. Resultado do atropelo por 43 a 0 pra cima do America Bulls na casa do adversário, invicto até então e líder da Conferência Nordeste. Destaque para o quarterback estadunidense Alex Niznak, que depois de um pouco mais de um mês na equipe, começou a mostrar seu potencial e a desequilibrar partidas. Foram três passes para touchdown, 20 passes completados e um sack sofrido.


WSITentando seguir no embalo das duas vitórias, o São José White Shark Istepôs vem de bye week para tentar retomar sua posição no power ranking. A queda para oitavo veio mais das ótimas atuações de Espectros e Mariners do que por alguma falha do WSI. Para tranquilizar a equipe catarinense, o duelo será com o Foz do Iguaçu Black Sharks, a pior defesa da Superliga até agora. Claro, o 81 a 7 contra o T-Rex colabora para essa situação, mais ainda assim a equipe paranaense deve ser presa fácil para o WSI.


LionsO Lions manteve a nona posição depois de vencer o Sorocaba Vipers por 47 a 7 e continuar invicto na Coferência Oeste. Um jogo bem mais tranquilo do que o primeiro, contra o São Paulo Storm. O Lions tem o melhor ataque da conferência com 73 pontos marcados e a terceira melhor defesa com 30 pontos sofridos. Na próxima partida enfrenta outro time invicto, o Cuiabá Arsenal, o primeiro grande desafio do time na Superliga Nacional 2016.


America Bulls

Ser líder da divisão invicto + derrota pesada em casa = queda grande no power ranking. O America Bulls perdeu pela primeira vez na Superliga, e foi sofrido. Foram 43 pontos, vendo um time concorrente direto ao título da Conferência Nordeste crescendo na competição e sem seu quarterback titular. O QB estadunidense Brian Gesel foi ejetado da partida por conduta antidesportiva na metade da partida, quando havia completado 11 passes. A partir daí o time se desequilibrou e nem a forte defesa dos Bulls conseguiu fazer a diferença. Agora o time tem uma rodada de bye para ajeitar a casa e se preparar para mais um jogo dificílimo contra o João Pessoa Espectros na Paraíba.


Texto por Anderson Spessatto e Vinicius Schmidt

Capa por Anderson Spessatto

Deixe seu comentário: