Warriors e Cavs III: a Final da NBA com mais pontos por jogo da história

A temporada 2016-2017 da NBA terminou na última segunda-feira, 12 de julho, com o título dos favoritos Golden State Warriors. Porém, o resultado esperado foi de um jeito não tão esperado assim: o domínio dos ataques.

Geralmente a decisão da maior liga de basquete do mundo conta com estudos minuciosos dos especialistas de defesa, ajustes táticos, ataques mais demorados e estudados. Dessa vez foi diferente, pois os ataques de Warriors e Cleveland Cavaliers foram tão superiores que fizeram a Final da NBA com mais pontos da história.

Leia mais: As dez maiores finais da NBA na história

Os números da decisão são impressionantes. O Golden State teve média de 121,6 pontos. Cleveland não ficou por menos e anotou 114,8 pontos. A média nos cinco jogos foi de 236,4 pontos, superando Los Angeles Lakers e Boston Celtics na decisão de 1965 (234,2).

O que o ataque dos Warriors teve de média nas finais, a grande maioria dos times não anota uma partida. A última equipe a anotar 122 ou mais pontos em uma decisão foi o Boston Celtics, em 2008 (131 no Jogo 6, de novo contra os Lakers). Na final de 2017, essa marca foi superada três vezes.

Final da NBA com mais pontos mostra que o jogo mudou

Logo na primeira partida das Finais, vimos que os ataques viriam com tudo. Para quem esperava um jogo nervoso e com muito estudo – como é de praxe nas decisões – viu naquele primeiro quatro que 2017 seria diferente: 35 a 30 para os Warriors. Aliás, todos os primeiros quartos foram fulminantes, tanto que 30,6% dos pontos das Finais foram nos 12 minutos iniciais.

Michael Jordan, The Last Shot, Finais da NBA 1998, Chicago Bulls e Utah Jazz melhores finais da nba
Jogo 6 da final de 1998: Bulls 87×86 Jazz. Cleveland fez 86 pontos em um tempo do Jogo 4.

Falando em ataque, temos de destacar o feito do Cleveland Cavaliers no Jogo 4. Naquela partida, LeBron James e companhia bateram três grandes recordes em Finais da NBA: 24 cestas de três pontos no jogo, 49 pontos do primeiro quarto e 86 pontos do primeiro tempo. Parece surreal. Por exemplo, o histórico Jogo 6 da Final de 1998 – aquele do last shot de Michael Jordan – terminou 87 a 86 para os Bulls.

Ouvimos muitas vezes durante os playoffs os nomes Chicago Bulls e Michael Jordan. As comparações foram várias, seja de LeBron James com MJ, seja dos Warriors com os Bulls dos anos 1990. Não cometeremos esse erro aqui, nossas comparações são ilustrativas, curiosidades, nada de comparar a qualidade.

Os feitos de Durant (35,2 pontos de média nas Finais) e de LeBron (triplo-duplo de média em uma final pela primeira vez) são históricos. Porém, vale lembrar que Michael Jordan já teve 41 pontos na Final de 1993 contra o Suns. Enquanto Durant foi responsável por 29,1% dos pontos dos Warriors na série, Michael fez 38,4%. Esses números não tiram o quão marcante foram as Finais desse ano, mas serve para termos cuidado com as comparações simplistas.

Ataques também ganham campeonato

Apesar disso, as finais desse ano mostram o nível absurdo em que os ataques chegaram. Estamos falando de dois times que dominaram seus oponentes nas fases anteriores dos playoffs, mas que mostraram um poder de fogo ainda maior nas finais. O Golden State Warriors teve média de 121,6 pontos por jogo nas Finais (115,9 na temporada regular). Já o Cleveland Cavaliers anotou 114,8 pontos por jogo na decisão (110,3 na temporada regular).

Podemos destacar outros feitos marcantes da decisão. Os Warriors garantiram o quarto melhor ataque da história das finais (o melhor dos últimos 50 anos). Pela primeira vez, quatro atletas tiveram média superior a 25 pontos em uma decisão (LeBron e Irving pelos Cavs, Durant e Curry pelos Warriors). LeBron James nunca teve tantos pontos, rebotes e assistências em uma sequência de cinco partidas na carreira e mesmo assim não conquistou o título. São demonstrações claras de que o jogo está mudando, inclusive se compararmos com as outras finais entre as equipes.

Se o ditado esportivo fala que ataques ganham jogos e defesas ganham campeonato, talvez seja hora de repensar.

2015

2016

2017

GSW

CLE GSW CLE GSW CLE

Pontos

100,7 93,5 99,9 100,4 121,6 114,8

Assistências

23,0 15,8 22,6 18,0 29,4

21,6

Rebotes 44,2 47,5 39,9 43,9 45,8

43,6

FG% 43,6% 38,4% 43,1% 45,6% 47,5%

46,1%

3P% 36,0% 29,3% 37,3% 32,9% 38,2%

38,2%

 

Foto de capa: nba.com

2 comentários em “Warriors e Cavs III: a Final da NBA com mais pontos por jogo da história

Deixe seu comentário: