Os filmes de esporte para assistir em 2016

O gênero de longa-metragens “baseados em esporte” não é uma constante na indústria cinematográfica, passando por períodos de grandes produções e outros sem filme algum. Se você já escutou o EsporteCast #01 Filmes de Esporte, já pode lembrar de alguns clássicos e conhecer outros bons títulos que saíram recentemente.

Leia mais: Os filmes de esporte para assistir em 2017

Para 2016, a safra de películas (ou arquivos digitais, né?) não promete muito, mas é possível pinçar bons filmes de esporte:

Race (de Stephen Hopkins)

Só uma coisa mais legal que filme de esporte, é filme histórico de esporte. Race promete ser um desses. A cinebiografia de Jesse Owens, atleta afro-americano que venceu quatro medalhas de ouro nas Olímpiadas de Berlim em 1936, deve mostrar não só quanto o velocista frustrou os planos de “supremacia branca” nazista, como também o período de segregação racial que existia no próprio EUA naquela época.

Greater (de David Hunt)

Hollywood geralmente acerta ao produzir biografias sobre atletas do futebol americano universitário. Dá pra lembrar do clássico Rudy (1993), mas também de filmes mais recentes como Somos Marshall (2006), No Limite – A História de Ernie Davis (2008) e um Sonho Possível (2009). Em Greater, vamos assistir a história de Brandon Burlsworth, considerado o maior jogador walk-on (expressão dada ao atleta que não ganha bolsa de estudos ou não foi previamente recrutado para jogar) da história dos EUA e que, infelizmente, não conseguiu jogar na NFL.

Voando Alto (Eddie The Eagle, no original; de Dexter Fletcher)

Misturando drama e comédia, o filme vai contar a história de Eddie Edwards, o primeiro atleta a representar a Grã-Bretanha na disputa de salto de esqui, nas Olimpíadas de Inverno de 1988, em Calgary. Assim como o clássico “Jamaica Abaixo de Zero”, o longa vai mostrar as dificuldades de Eddie em se classificar aos Jogos, o preconceito dos dirigentes e a superação do atleta durante a competição. Tem tudo pra ser bom!

Bleed For This (de Ben Younger)

Bleed For This trailer from Verdi Productions on Vimeo.

Sim, não cansamos de filmes de boxe. Ainda mais quando a produção executiva é de Martin Scorcese e o papel principal é de Milles Teller, que atuou no espetacular Whiplash. A história por si só é inacreditável. Vincenzo Pazienza, boxeador campeão mundial em três categorias diferentes, sofreu um acidente em 1991 que quase o deixou paraplégico. Mas Vinny Paz (como acabou conhecido) voltou aos ringues 13 meses após o acidente.

The Queen of Katwe (de Mira Nair)

lupita-nyongo
Foto: Divulgação / Disney Enterprises Inc.

Uma produção da Disney e ESPN Films, que vai contar a história da enxadrista prodígio Phiona Mutesi. Natural de Uganda, Phiona cresceu nas favelas de Katwe e teve uma infância sofrida, com seu pai morrendo por consequência de AIDS quando ela tinha apenas três anos. Aos nove, ela já havia abandonado os estudos, mas um instituto esportivo acolheu Phiona e a ensinou a jogar xadrez. Em 2010, aos 17 anos, ela já passou a disputar suas primeiras Olimpíadas de Xadrez, na Rússia. Hoje, Phiona faz parte do time principal feminino do seu país.

EsporteCast

A segunda edição do EsporteCast foi sobre filmes de esporte. Nós falamos sobre outros filmes com temática esportiva, como o Rocky, Foxcatcher e o clássico da Sessão da Tarde Jamaica Abaixo de Zero. Para ouvir o episódio é só clicar aqui.

Foto principal: SMU Central University Libraries via Visualhunt / No known copyright restrictions

Deixe seu comentário: