Sobre o Time de Fora

O Time de Fora é um site formado por um grupo de amigos jornalistas – formados ou em formação – que se uniu no Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina entre 2008 e 2014 e lá participou de um projeto de radiojornalismo esportivo criado pelos próprios alunos para suprir essa área da profissão que é menos valorizada dentro da academia. Com a saída dos mais velhos, o grupo resolveu criar um projeto em que pudesse colocar em prática a vontade de fazer jornalismo esportivo: o Time de Fora. Dos tempos de rádio universitária, trouxemos o EsporteCast e o conceito de cobrir várias modalidades com análises, histórias e sempre levando em mente que o esporte é muito mais do que os resultados dentro de campo, quadra, pista ou tatame.

“Alguns dos meus colegas do jornalismo investigativo me perguntaram: ‘Esportes? Você amoleceu?’ Nem um pouco. O esporte pertence ao povo. É parte da nossa cultura, do cimento social que mantem a coesão da nossa sociedade.”

Andrew Jennings


Quem somos

 

Anderson Spessatto

Anderson Spessatto nasceu em Rio Grande – RS em fevereiro de 1994 e mora em Florianópolis desde 2007. Formado em jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina desde 2017, escreve principalmente sobre futebol americano e eSports. Ex-fanático pelo Grêmio, atualmente fanático pelo New Orleans Saints. Tem como ídolo Drew Brees. Também gosta de acompanhar o futebol americano nacional e já se arriscou como wide receiver. Admira muito o jornalista Everaldo Marques. Indica os documentários You Don’t Know Bo: The Legend of Bo Jackson (Michael Bonfiglio, 2009) e The U (Billy Corben, 2009).


Gabriela de Toni

Gabriela De Toni, nascida em novembro de 1993, cursa Jornalismo na UFSC desde 2011. Escreve sobre futebol feminino, futebol americano, tênis e, de vez em quando, beisebol. É fã da Sheilla, da Formiga, de Cairo Santos e Novak Djokovic. Indica o livro Invencível, uma biografia do corredor Louis Zamperini, e o documentário The Two Escobars.

 


Leonardo Lorenzoni

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Leonardo Lorenzoni é jogador de futebol americano e apaixonado por jornalismo esportivo. Viciado em história e estatísticas, dedica boa parte do seu tempo livre aprendendo mais sobre tática e tudo que envolve os bastidores de uma partida. Veste a jersey #31 e escreve sobre futebol americano para o Time de Fora, além de cuidar das redes sociais. Seu filme preferido é Any Given Sunday e seu documentário esportivo é The Two Escobars.


Lucas Inácio

Lucas Inácio, nascido em Florianópolis em 23 de abril de 1989 e jornalista formado desde março de 2015. Escreve sobre futebol, basquete e futebol americano e seus jogadores favoritos são Romário, Tim Duncan e Drew Brees, respectivamente. Seu ídolo na profissão é Lúcio de Castro. Suas produções sobre esporte favoritas são o livro Jogo Sujo (Andrew Jennings, 2006), o documentário The Armstrong Lie (Alex Gibney, 2013) e o filme Duelo de Titãs (Boaz Yakin, 2000).


Nicolas Quadro

Nicolas Quadro, nascido em São José dos Campos em janeiro de 1995 e estudante de jornalismo desde setembro de 2012. Rabisca sobre futebol, tênis, basquete, futebol americano. É fã de Ronaldinho Gaúcho, Federer, Lebron James e Tom Brady respectivamente. Sonha em trabalhar com documentários esportivos ou com o departamento de estatística do Monday Night Football, da ESPN.

 


Rômulo Vieira

Rômulo Vieira, nascido em outubro de 1992, no interior de Santa Catarina, mora em Florianópolis onde cursa Jornalismo na UFSC. Escreve sobre o que der na telha, mas será mais frequentemente encontrado nas seções de futebol e futebol americano. Já foi fã de Robinho e Neymar, denunciando o time do coração, mas hoje admira mais Cam Newton e Jimmy Butler. Apesar de jornalista em formação se identifica mais com o design gráfico. Quando perguntado qual documentário indicaria foge da seriedade e escolhe o filme The Mighty Ducks (1992) que cansou de assistir na Sessão da Tarde quando era criança.


Rodolfo Conceição

Rodolfo Conceição, nascido em novembro de 1989, é jornalista desde 2013, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina. Escreve sobre futebol, basquete, futebol americano (e faz lobby pela presença das artes marciais no site). Como todo sãopaulino, fã incondicional de Rogério Ceni. Também tem como ídolo máximo o baiano Antônio Rodrigo Nogueira, o Minotauro. Indica o documentário Hillsborough, da série 30 for 30 da ESPN, para entender o momento atual do futebol inglês.

 


Thomé Granemann

Thomé Granemann, nascido em janeiro de 1990, no jornalismo UFSC desde 2009. Escreve sobre futebol americano, basquete, vôlei e futebol. Já fez uma exclusiva com Rubén Magnano, se lembra de assistir os últimos anos de Michael Jordan e bateu foto com Ryan Miller, antes de saber que ele era goalie do Sabres. Admira muito o jornalista Paulo Mancha. Indica os documentários Small Potatoes: Who Killed the USFL? (Mike Tollin, 2009) e Brilho Imenso, A História de Cláudio Kano (Denis Kamioka, 2011).

 


Vinicius Schmidt

Vinicius Schmidt, nascido em outubro de 1989, é jornalista desde 2013, formado pela UFSC. Escreve sobre basquete, futebol americano, tênis e vôlei. Se inspira em Bernardinho, quer fazer uma exclusiva com Greg Popovic e ainda vai jogar um set contra Roger Federer. Se pudesse seguir os passos de alguém, seguiria os de Everaldo Marques. Indica o documentário Once Brothers (Michael Tolajian, 2010)

 


Um comentário em “

Os comentários estão desativados.